Conheça os lugares visitados por Álvaro nessa experiência:

 

Sannakji no Jim Nam – polvo vivo

Taí um esporte que Álvaro Garnero sempre pratica: comer coisas esquisitas. O Sannakji é um prato típico coreano que não é só esquisito, como perigoso. Ele é feito com um polvo cortado ainda vivo. Os tentáculos, quando chegam ao prato ainda estão se mexendo e é preciso ter um cuidado extra-especial na hora e comer , porque as guelras podem grudar na garganta e causar sufocamento. Ou seja, se você não quer correr risco de vida, há outros pratos típicos no restaurante, muito mais inofensivos. Recomendamos o King Crab.

 

Ginásio Olímpico de Seul

Difícil vai ser conseguir uma aula com campeões olímpicos como Álvaro conseguiu, mas vale a pena conhecer o ginásio, um dos maiores legados das Olimpíadas de Seul.

 

O expert em equilíbrio

Aqui você tem que se valer da coincidência. Se você estiver em Seul e Nam Seok Rocky Byum estiver fazendo alguma apresentação, vá. Não há como não se impressionar com o que esse homem consegue equilibrar.

 

Ateliê de Choi Jeonghwa

Outro artista consagrado coreano, Kim-ha-jun, utiliza uma novíssima técnica em sua arte: a animação na areia. Toda a arte tem que ser gravada, já que Kim-ha-jun vai contando uma história enquanto anima a areia. Se você não conseguir assistir a uma apresentação de Kim, confira a impressionante técnica do artista, visitando o site dele.

 

Dr Fish Café – peixes pedicures

Outro costume a princípio estranho, mas muito popular na Ásia. Em vez de pedicuros humanos, eles usam os garra-rufas (conhecido como peixes-médico no Brasil) para que comam a pele morta dos pés. Esse peixe também é usado para tratamentos dermatológicos não só na Ásia como no ocidente. Ao que consta, calo, cutícula, tudo isso é engolido pelo peixe. Aflitivo, mas eficiente.

 

Animação na areia – Kim-ha-jun

Outro artista consagrado coreano, Kim-ha-jun, utiliza uma novíssima técnica em sua arte: a animação na areia. Toda a arte tem que ser gravada, já que Kim-ha-jun vai contando uma história enquanto anima a areia. Se você não conseguir assistir a uma apresentação de Kim, confira a impressionante técnica do artista, visitando o site dele.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: