Álvaro Garnero voltou para Turquia nove anos depois de gravar o primeiro programa do 50 por 1, em 2008. Muita coisa mudou, mas outras só melhoraram.

A primeira foi a companhia aérea, porque é sempre melhor estar acompanhado da maior companhia local e uma das maiores do mundo, a Turkish Airlines. Mas uma coisa que não mudou foi a vontade de passear de balão na Capadócia. É claro que o número de balões aumentou muito de lá para cá, só que a beleza ainda é a mesma.

Depois desse voo de balões Álvaro já fez algo que nunca tinha feito: passeou de cavalo pelas formações rochosas da Capadócia – o que no final das contas até foi poético, porque Capadócia quer dizer “terra dos cavalos bonitos”, foi um nome dado pelos persas, provavelmente citando os cavalos que os hititas, população que ocupou o local por alguns séculos, deixaram por lá. No passeio Álvaro fez inclusive um amigo, que acabou saindo em toda a gravação e em praticamente todas as fotos: olha lá embaixo, ao lado do Álvaro e do cavalo.

Por fim, a cavalgada levou Álvaro à Goreme, uma cidade que foi construída dentro das cavernas. No início as cavernas eram só abrigos, mas depois acabaram virando ambientes mais elaborados, como casas, igrejas e até salas de jantares coletivos com cozinha. Entre o século 3 e 5, no auge da perseguição dos cristãos pelo Império Romano, Goreme virou até um centro intelectual na região, com escolas e diversas bibliotecas.

Gostou dos passeios? Você pode fazer todos eles com guias em português falando com a Honest Travel (e se você puder pedir para o Alp acompanhar seu grupo, ainda melhor. Fica a dica).

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: