Conheça os lugares visitados por Álvaro nessa experiência:

 

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é um tesouro do Brasil. E um Patrimônio Natural Mundial da UNESCO, o lugar tem pouco mais de 60 mil hectares. E algumas empresas já inventaram novas formas de se passear pela Chapada dos Veadeiros. Há pouco tempo foi disponibilizada uma tirolesa entre os dois morros. Na Chapada dos Veadeiros, a Tirolesa foi apelidada de Vôo do Gavião, certamente pela quantidade de gaviões carcarás que cortam os céus dessa região.

 

Cascading

Cascading é a prática de descer de uma cachoeira por meio da técnica de rapel.

 

Vale da Lua

O Vale da Lua é como um monte de esculturas em pedra feita pela própria natureza. O lugar é atravessado por um rio bem famoso por lá,o Rio São Miguel que percorre o Vale da Lua de forma sinuosa através de pouco menos de um quilômetro. O resultado é que depois de 600 milhões de anos de ondulações meio bizarras as pedras ganharam esse formato estranho.

 

Seu Waldomiro – Matula

Se você estiver visitando a chapada tem ir conhecer o Rancho do seu Waldomiro, localizado no morro da baleia. Seu Waldomiro, além de saber fazer maravilhas com as frutas e plantas do cerrado também sabe contar histórias.Ele também é especialista no prato típico do cerrado, a matula. A matula é um clássico – a feijoada do cerrado. É feita com carne-de-sol, lingüiça, pé e pele de porco, lombinho ou carne de lata. Só o feijão é diferente. Em vez de ser feijão preto, é feijão branco. Como um cassoulet – mas preparado pelo seu Waldomiro fica diferente.O feijão não é misturado às carnes de imediato, é cozido à parte com pimenta, cebola e alho e a matula é sempre servida embrulhada em folhas de bananeira.

 

Rio Quente Resorts

O Rio Quente caiu nas graças de todo mundo que passa por lá,tanto que ganhou um dos melhores resorts do Brasil, o Rio Quente Resorts. O Rio Quente Resorts é um complexo com seis hotéis, oito restaurantes, uma casa de shows e um clube noturno, além do maior parque aquático da América do Sul: o Hot Park. Durante muito tempo essas águas quentes foram um mistério, que de se deve a geotermia:as águas do rio fazem uma viagem de 1200 metros, pelas fissuras do solo, até o centro da terra. Lá elas são aquecidas e a pressão do calor traz tudo de volta para a superfície. Quando chegam, estão a pelo menos 37º Celsius.

 

Praia do Cerrado

A Praia do Cerrado é maior praia de águas quentes naturais e correntes do mundo e está também localizada no Rio Quente Resorts. A Praia do Cerrado foi inaugurada em 2008 e impressiona pelos números: foram 13 milhões de reais de investimento, 25 mil m2 de área, 3 mil m3 de areia branca e fina, 400 coqueiros importados da Bahia e 5, 5 milhões de litros de água renovadas todos os dias. Suas ondas chegam até 1,20 m de altura.A praia é tão real que tem até uma escolinha de surf que é comandada por Phil Rajzman, tri-campeão mundial de surf na categoria long-board.

 

Lagoa do Pirapitinga

Na lagoa as águas chegam a 57ºC e ao lado da lagoa fica o poço do ovo, o nome não é coincidência já que no poço do ovo você pode cozinhar um ovo em poucos minutos

 

Dr. Freud

Um dos personagens mais curiosos de Goiânia foi batizado em homenagem a um doutor ilustre e austríaco. Só que lá na Áustria, era o Freud (Fróid); aqui, é o Dr. Freud (Frêudi). Frêudi Melo. E como o Dr. Freud psicanalista, o nosso Dr. Freud também se preocupa com sonhos. O Dr. Frêudi tinha o pesadelo recorrente de ser enterrado vivo. A coisa foi ficando tão intensa, sistemática e esquisita que ele resolveu ser mais esquisito ainda – e construir o próprio túmulo para evitar que isso aconteça. O túmulo tem até sistema de som para ele pedir ajuda se for enterrado vivo mas o Dr. Frêudi garante que só vai usar o sistema se for realmente enterrado vivo. Mas o Dr Freud também possui outra obsessão, os castelos. Em uma de suas fazendas ele tem quase 40 castelos de formatos variados.

 

Noite Goiana

Henrique e Hernane tem mais de dez anos de carreira e 6 CDs lançados. A dupla já é uma das preferidas dos goianos.: A noite goiana inspira não só a música sertaneja como todo tipo de música. Vários festivais de rock acontecem na cidade e existem diversos bares de músicas especializadas, que vão do rock alternativo até o blues e o baixo índice de violência da cidade contribui para a noite ficar tão movimentada.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: