Que o 50 por 1 chega a lugares espetaculares, não há qualquer dúvida. Mas, além de lugares espetaculares, o programa também chega a lugares bastante remotos, como as Ilhas Faroe.

As ilhas são um território dependente da Dinamarca, mas ficam perdidas no Atlântico Norte, entre Escócia e Islândia. Desde 1948 eles têm autonomia de governo, ou seja, podem operar como nação soberana – o que transforma o arquipélago em uma das menores nações do mundo, com apenas 49 mil habitantes. Mas como tamanho nunca foi documento, é lá que Álvaro Garnero pode mostrar algumas das paisagens mais lindas do mundo, a começar pelo lago Sørvágsvatn.

 

O lago forma uma das paisagens mais impressionantes das Ilhas Faroe, fica na ilha de Vagar (a mesma onde está o único aeroporto do país) e tem uma área de 3,4 km2. O que mais impressiona é a falésia de encontro do lago com o oceano, que dá uma ilusão de uma grande altura, quando na verdade o lago está somente a 40 metros do nível do mar. Álvaro fez toda a caminhada pelo lago e, depois, pela vila de Gasaladur, na mesma ilha, onde pode ver, além de outra falésia com cachoeira, os famosos telhados de grama.

 

Álvaro depois pegou um helicóptero, o transporte público local, já que muitas ilhas e vilas são isoladas para ver as paisagens de cima, o que impressionou ainda mais.

 

Por fim, pai e filho foram viver uma experiência inigualável: ouvir um concerto de trompetes dentro de uma gruta marítima. Uma experiência que há dois anos virou uma das preferidas de quem visita as Ilhas Faroe no verão. O som do mar e a acústica da gruta fazem com que todo o concerto seja inesquecível. Se você quiser saber mais sobre essas ilhas escondidas e maravilhosas, visite o site do turismo local. É longe, mas a gente garante que você não vai se arrepender.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: