De quando em quando a gente esbarra com um ser humano fora de série. A equipe do 50 por 1 encontrou esse  ser humano lá no Líbano: o senhor Moussa Abdel Karim Al-Maamari.

Moussa nasceu em uma vila pobre no país vizinho do Líbano, a Síria. Mas a falta de dinheiro nunca inibiu os sonhos do menino. Aos 10 anos ele já sonhava com castelos. Inclusive chegou a desenhar um. Infelizmente, nem todo mundo entende ou incentiva um sonho. O professor de Moussa na época castigou o menino por pensar em castelos em vez de pensar na lição.

Moussa nunca se esqueceu do castigo do professor, mas também não se esqueceu do seu sonho. Aliás, adicionou um novo sonho para sua lista: casar com a menina mais bonita da escola. Mas as coisas não foram muito como ele queria. Ele pediu a menina em namoro e ela disse não, porque ele não tinha nada, era de uma família sem posses. Desiludido, Moussa imigrou para a casa de um tio no Líbano. Lá aprendeu a trabalhar com pedras e – aos 19 anos, comprou um terreno e decidiu construir seu castelo. Sozinho.

 

Foram 64 anos construindo esse sonho. Pedra por pedra. Aliás, Moussa entalhou cada pedra com desenhos e frases. No meio da construção, a filha do governador do local viu o trabalho de Moussa e se apaixonou por ele. Foi começar a construir seu sonho para que o amor viesse de encontro a ele. Marie, sua esposa foi sua maior incentivadora e ajudou Moussa a divulgar o castelo. Hoje ele é uma das principais atrações do Líbano. E, como se não bastasse, no meio do caminho, Moussa também reuniu uma das maiores coleções de armas do mundo. Ou seja, uma visita obrigatória. E, se você passar por lá, não se esqueça de procurar por Moussa e o cumprimentar, porque não é todo dia que a gente conhece um ser humano fora de série.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: