Que Dubai sempre surpreende, isso não é novidade. A cidade já fez um shopping com a mesma arquitetura do Taj Mahal, uma pista de esqui no deserto e construiu ilhas artificiais com capacidade para centenas de milhares de pessoas.

Toda hora aparece uma novidade na maior cidade dos Emirados Árabes. A novidade é como Dubai pode nos surpreender. E dessa vez a surpresa veio no primeiro hotel sete estrelas para cachorros, o Urban Tails, e com uma casa flutuante que vai virar um condomínio na baía de Dubai. Mas a primeira parada é o Urban Tails.

O hotel sete estrelas para cachorro foi construído em 2010 para atender estrangeiros endinheirados que não queriam deixar seus melhores amigos sozinhos enquanto viajassem. O hotel oferece serviços como u mordomo privado para o seu bichinho e serviço de limusine. O resort tem suítes (com ar-condicionado, TVs-Led e webcam), piscina e jardim climatizado. O dono também ganha um álbum fotográfico da estadia do seu animalzinho de estimação. As suítes são para os cachorros, mas há um condomínio especial para gatos. O resort também tem uma academia para os bichinhos se exercitarem e oferece “personal-cuddlers”, que podem ser traduzidos como “abraçadores-pessoais”. Um personal só para abraçar seu bichinho. Nas áreas comuns toca-se música clássica. E há câmeras em todas as áreas, assim o dono pode acompanhar os passos de seu melhor amigo a qualquer hora pela Internet.

 

Logo depois disso, Álvaro Garnero foi conferir um projeto novíssimo: o Seahorse – um condomínio de casas flutuantes. A primeira casa do condomínio já estava exposta. O Seahorse é um projeto paralelo de um outro projeto de ilhas artificiais chamado “O Coração da Europa”. “O Coração da Europa” vai ser formado por seis ilhas: Alemanha, Suécia, Europa Principal, São Petersburgo, Suíça e Mônaco. As ilhas serão ligadas por pontes e terão capacidade para abrigar 15 mil pessoas.Não serão permitidos carros nas ilhas. O acesso será por barcos, helicópteros aeroplanos e, dentro das ilhas, por pontes. As casas flutuantes irão ficar localizadas perto dessas ilhas.

 

Cada casa tem três andares, um deles debaixo d’água. Esse andar subaquático tem janelas do teto ao chão para que a vista dos corais e da vida marinha seja perfeita.O andar térreo (nível do mar) também tem janelas do teto ao chão, cozinha, sala de jantar, uma sala de estar e um deck que pode ser convertido em quarto de inverno.O andar superior tem um bar, jacuzzi e é mais um espaço para relaxar. A ideia é que as 42 casas dessas estejam prontas em três anos. 35 das 42 unidades já foram vendidas. Ou seja, o que não falta é gente podendo desfrutar do luxo de Dubai. E cachorros.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceiros: